Formas Farmacêuticas Líquidas

A FARMACAM possui em sua linha uma ampla variedade de opções de Formas Farmacêuticas Líquidas, de uso oral ou tópico, possibilitando a adequação do tratamento ao paciente. No caso de líquidos orais, estes possibilitam a adesão ao tratamento de crianças e idosos que muitas vezes apresentam dificuldade em deglutir formas farmacêuticas sólidas. Esta forma farmacêutica também se torna interessante por possibilitar que sejam aviadas altas doses de medicamento sem causar grande desconforto na administração. Estas são algumas das Formas Farmacêuticas Líquidas que você encontra na FARMACAM:

 

Suspensões

As suspensões são preparações em que as substâncias químicas não estão totalmente dissolvidas no meio líquido. Geralmente têm baixa capacidade de dissolução, por isso depositam-se no fundo do recipiente sendo necessário agitar sempre antes de usar. Podem ser de uso oral, nasal ou tópico. Boa opção para fármacos com sabor desagradável em comparação com as soluções.
É essencial informar ao paciente que ele deve agitar o frasco antes de usar.

 

Aerossóis

Se caracterizam por constituirem um “nevoeiro não molhante” formado por micro gotas (diâmetro compreendido entre 0,05 e 0,2 micrômetro). Formam uma suspensão coloidal, em que a fase contínua é o gás e a fase dispersa é o líquido.

 

Sprays

São semelhantes aos aerossóis, mas o diâmetro da partícula é maior (0,5 micrômetro), podem ser considerados “nevoeiros molhantes”.

 

Soluções

São preparações em que há uma ou mais substâncias químicas dissolvidas em uma pequena quantidade de solvente (a substância que dissolve).
Podem ser divididas em Soluções de uso interno ou externo.

 

As soluções orais, necessitam de componentes que dêem cor e sabor ao líquido para tornar o medicamento mais agradável ao gosto. Podem ser administradas em gotas, ou com um volume bem definido, como, por exemplo, 5 mL (uma colher de chá). Elas podem ter cor, mas devem ser transparentes.

 

Tinturas

São medicamentos líquidos resultantes da extração de princípios ativos de drogas vegetais. Elas são preparadas à temperatura ambiente por percolação (droga vegetal na forma íntegra em contato com o solvente) ou maceração (droga macerada ou triturada em contato com o solvente). Os líquidos extratores ou “solventes” são: álcool, álcool/água, éter alcoolizado ou acetona.

 

Xaropes

São preparações a base de água, concentradas de açúcar, que contêm uma ou mais substâncias químicas. São usadas principalmente para substâncias com sabor muito desagradável e também para pacientes que têm dificuldade de ingerir comprimidos (crianças e idosos, por exemplo).

 

Elixires

São preparações líquidas à base de água e álcool e com sabor levemente adocicado, que contêm uma ou mais substâncias químicas.
São menos viscosos e, devido à presença de certa quantidade de álcool, são menos utilizadas atualmente.

 

Não achou o que estava procurando?

Confira outras Formas Farmacêuticas inovadoras em nosso site no link abaixo:

Formas Farmacêuticas Inovadoras